Prevenção em DRS

Síndrome de resistência das vias aéreas superiores

Estudos mostram que os distúrbios respiratórios do sono – DRS na infância são mais comuns entre crianças que têm respiração predominantemente pela boca (respiração bucal). Esta associação tem sido considerada como um problema de saúde pública por apresentar repercussões clínicas imediatas e/ou tardias tais como alteração de crescimento da cabeça e da face, baixo desenvolvimento do corpo, alteração neurológica e prejuízo no aprendizado. Cuidados com a respiração, com a harmonia facial e das arcadas dentárias de crianças (a partir dos 3 anos de idade) pode ser o caminho para que filhos de  pessoas com ronco e apneia não tenham os mesmos problemas dos pais.

O tratamento preventivo com medidas de correção ortodôntica / ortopédica (correção da posição dos dentes e do tamanho dos ossos da face) deverá ser tratamento indicado na redução da apnéia do sono. Essas medidas promovem aumento do espaço dentro da bucal o suficiente para acomodar a língua, pois seu posicionamento correto tem um papel importantíssimo na manutenção da passagem do ar.